PRINCÍPIO DA ORDEM E DA HARMONIA

 

 

"Tudo que há no Universo acha-se em perfeita har­monia. Só há desarmonia para quem vê as coisas superfici­almente - é um erro de ponto de vista. A desarmonia que se apresenta aos olhos do homem é apenas aparente. Isso por­que ela é criada pelos homens e a sua causa é a ação antinatural. Ou seja, do ponto de vista da Grande Natureza, a desarmonia decorrente da ação antinatural é a verdadeira harmonia."

Mokiti Okada.

 

 

Talvez possa parecer estranho dizer que a desarmonia, em determinadas situações, é a própria harmonia. No entanto, há vários exemplos em nosso cotidiano que podem exemplificar tal dialética. Se comemos uma comida estragada (ação antinatural), é esperado que passemos mal (aparente desarmonia).  O mesmo ocorre em outras circunstâncias. Se agirmos de forma egoísta com familiares, clientes, subalternos, superiores ou com qualquer pessoa, é natural que tenhamos conflitos de relacionamento. Se agirmos de forma desorganizada com o nosso dinheiro, poderá ser criada uma situação de desordem, com pequenas perdas, atrasos não intencionais de pagamentos e cobrança de juros evitáveis. Dependendo do medicamento que ingerimos, são previstos efeitos colaterais, que podem até mesmo superar os seus benefícios.

 

Em todos estes exemplos, tivemos situações que seriam descritas como desarmônicas, mas que constituíram a verdadeira harmonia, uma consequência natural de um tipo de ação antinatural. Segundo este princípio, tudo no universo está em harmonia, como a posição das estrelas; a rotação dos planetas, dos átomos e dos elétrons; os ciclos das estações do ano ou do dia e da noite. O mesmo se aplica à nossa vida.

 

Este entendimento nos permite compreender que, se existe algo que está em desacordo com o que desejamos, há uma causa para isso. Será que estamos nós mesmos, sem o perceber, causando este efeito indesejado? De que forma podemos corrigir algum ponto e com isso transformar os resultados? Como podemos ampliar o nosso ponto de vista para perceber que harmonia está sendo estabelecida com esta aparente desarmonia? Como agir de maneira a fazer a nossa parte em direção ao que desejamos?

Interessado? Entre em contato.

Nome
Email
Telefone
Mensagem