Como controlar a ansiedade e manter a saúde mental

Se você sofre com transtornos de ansiedade, especialmente em épocas difíceis como na pandemia e quer aprender a lidar melhor com ela e preservar sua saúde mental está no lugar certo.

Primeiro vamos falar e refletir um pouco sobre a ansiedade e as suas causas. Antes de mais nada, preciso ressaltar que quando falo em ansiedade, não me refiro à ansiedade normal e natural diante de algum evento que está para acontecer. Quando falo em ansiedade, me refiro aos transtornos de ansiedade que realmente prejudicam sua qualidade de vida. Vamos falar agora sobre as suas causas:

 

Causas da ansiedade

A ansiedade já é considerada o mal do século e ela nada mais é do que uma preocupação excessiva com o futuro. É claro que essa é uma forma simplista de enxergar a ansiedade, suas causas são um pouco mais complexas, mas é importante deixar claro que a essência da ansiedade é ligada a preocupação com o futuro e ao pensamento acelerado.

Vivemos hoje uma geração de pessoas extremamente conectadas à tecnologia, que recebem um bombardeio de informações o tempo todo. Não precisamos nem nos preocupar em pesquisar ou buscar informações, elas já aparecem pra nós, mesmo que a gente não queira. Passamos a viver numa sociedade urgente, rápida e ansiosa que quer as coisas para ontem. Nos tornamos impacientes, estressados e agitados. Buscamos nos conectar com pessoas e coisas  e perdemos a conexão com a gente mesmo.

Existem causas diversas para a ansiedade como predisposição genética, fatores ambientais, emocionais e histórico familiar. Fatores emocionais podem ser gerados por crenças adquiridas durante a vida, pensamentos disfuncionais e que normalmente as pessoas não conseguem avaliar se são verdadeiros ou não devido ao tempo em que esses pensamentos negativos são interiorizados na mente.

Cada indivíduo é único, tem suas experiências e gatilhos, e não podemos generalizar, por isso é importante que se faça uma investigação para entender o que desperta a ansiedade em cada pessoa.

Apesar de existirem causas diversas acredito que a origem de tudo está no nosso espírito e a principal causa é interna, é o que se passa dentro de nós, diz respeito à nossa essência, nossa espiritualidade e muitas vezes, a ansiedade surge como um alarme, um sinal de alerta pra que a gente passe a cuidar mais do nosso interior.

 

Como controlar a ansiedade

Agora que já vimos um pouco sobre o que gera a ansiedade, vamos à parte prática porque de nada adianta discorrer sobre o tema e não partir para a ação.

Como falei anteriormente, a verdadeira causa da ansiedade não tem nada a ver com o excesso de informações, com a sociedade e com razões externas. A raiz do que nos causa ansiedade está no nosso espírito, portanto, para controlar a ansiedade, você vai precisar agir diretamente nele. E por onde você vai precisar começar? Pelo autoconhecimento! Você precisa entender como a sua mente funciona, mergulhar no seu Universo interior. Só você vai ter as melhores respostas sobre o que pode ter desencadeado essa ansiedade.

Como posso praticar o autoconhecimento? Existem diversas maneiras de se fazer isso, através de terapias, análises, meditação, processo de coaching,yoga, técnicas de relaxamento. O que é importante é que você entenda a importância de olhar para dentro. Esse estado de ansiedade não é normal, não é o nosso natural, não devemos sentir isso e se você está sentindo, o seu corpo está te sinalizando que tem algo errado que você precisa olhar e cuidar, entende?

Eu sei o que você sente porque já passei por isso e precisei recorrer a tratamento diversos, e até a medicamentos fortes. Cada caso é um caso, pode ser que você não precise de remédio ou pode ser que precise, mas a cura definitiva só vai acontecer quando você cuidar do seu espírito.

Existe uma lei Divina que diz que o espírito precede a matéria, ou seja, em tudo na nossa vida o espírito é primordial. Então o que nos acontece teve sua origem no mundo espiritual, depois é que se reflete na matéria.

Agora vamos a algumas dicas práticas que podem te ajudar nesse processo:

 

Silencie o seu interior

Você precisa entrar em contato com o seu Eu Superior, com a sua alma, sua essência, e calar as vozes que insistem em falar o tempo inteiro na sua cabeça. O mais indicado para isso é a meditação. Você pode começar com 5 minutos por dia e depois ir aumentando. Não se preocupe com técnicas, com posição, apenas se sente confortavelmente, feche os olhos, respire profundamente e coloque o seu foco na respiração. Ao contrário do que muita gente pensa, a meditação não é parar de pensar, seus pensamentos continuarão, só que agora você vai observá-los de longe. Você vai ver que com a prática vai ficando cada vez mais fácil.

 

Se observe ao longo do dia

Passe a ter uma postura de observador de si mesmo. Como assim? Ao invés de ficar se julgando, se criticando e criando conflitos internos e externos, observe suas reações diante das várias situações que vão se apresentar pra você, sem aquele olhar crítico e julgador. Apenas observe e procure entender o motivo dos seus descontroles emocionais.

 

Contemple a Natureza

Tire alguns minutos do seu dia para olhar a natureza. Apenas olhe pela sua janela ou para o céu e perceba como somos pequenos diante de tanta beleza e mistério. Agradeça por fazer parte desse mundo, é uma grande permissão. Todos os dias eu olho para o céu e faço esse exercício, sempre que eu acordo e um pouco antes de dormir e tenho certeza que vai te ajudar.

 

Faça mentalizações diárias

Você precisa se conectar ao mundo Divino, a um Poder Maior. Mentalize palavras positivas de gratidão e peça pra que você seja utilizado como um instrumento de Deus no dia em que se inicia. Tenho algumas práticas que faço e falo sobre elas no meu ebook gratuito Sobrevivendo a pandemia. Além dessa prática, tem outras que também podem te ajudar a controlar a ansiedade como o Mitamamigaki, você só precisa colocar seu e-mail para baixar gratuitamente.

 

Agradeça sempre

A prática da gratidão também é fundamental para a sua cura pois a energia que emana desse sentimento nos liga diretamente ao Criador. Por mais que possamos viver situações difíceis, temos que agradecer sempre porque tudo que nos acontece está de acordo com o plano de Deus e o que pode parecer ruim a curto prazo pode se transformar na maior benção que já recebemos. Recomendo que você faça essa prática pelo menos 2 vezes ao dia, quando acordar e antes de dormir. Ensino algumas práticas de gratidão nesse vídeo Como ter Gratidão - Dicas práticas para atrair coisas positivas para a sua vida, vai lá conferir.

 

Espero que possa ter te ajudado, de verdade. Se você quer saber um pouquinho mais sobre como controlar a ansiedade nesse período de pandemia, baixe gratuitamente o ebook Sobrevivendo a Pandemia.

Me acompanhe também no instagram: @tatianabioncoach

Até a próxima.

Com amor e gratidão...

Tatiana

 

 

 

Artigo publicado no site Guia da Riqueza  

Compartilhe:




contato@mcinstitute.com.br

Rua Visconde do Rio Branco, 1630 Conjunto 1603 - Centro - Curitiba/PR - 80420-210

Resultado Consultoria

Copyright © MCI Mentoring Coaching Institute 2018. Todos os direitos reservados.