Somos uma empresa de impacto com o objetivo central de, através das técnicas do mentoring e do coaching e da metodologia Gensoku (Princípios), promover a felicidade e o desenvolvimento espiritual, mental e material de pessoas e empresas. Atuamos por meio da formação de uma rede colaborativa de profissionais independentes que comungam deste mesmo objetivo.

Mentoring

O mentoring (mentoria) requer experiência e domínio do profissional de um tema específico, um conhecimento que será transmitido a alguém que desconhece ou que é menos experiente no assunto.

Coaching

O coaching utiliza técnicas e ferramentas que promovem o autoconhecimento e o atingimento de objetivos e metas do cliente. O coach conduz o coachee de um estágio A para o estágio B, num processo enriquecido por perguntas e reflexões.

=

Mento-Coaching

Pode ser definido como uma metodologia que reúne as características do mentoring e do coaching. O mentoring (mentoria) requer experiência e domínio do profissional de um tema específico, enquanto que o coaching utiliza técnicas e ferramentas que promovem o autoconhecimento e o atingimento de objetivos e metas do cliente. É ainda um sistema de ensino adequado para pessoas maduras. Desta forma, o Mento-Coaching, desenvolvido pelo MCI, baseia-se na formação de profissionais que, fazendo uso de seus dons, talentos e competências, podem transmitir conhecimento e promover transformações positivas em outras pessoas.

Todos têm o que ensinar, assim como
todos têm o que aprender, desde que
desejem isso. Ao compartilhar o que sabe,
a pessoa está dando vida ao seu
conhecimento e permitindo que outras
pessoas se beneficiem dele. Como
consequência, ela estará também mais
próxima de sua realização pessoal e
profissional.

Método Gensoku

Gensoku é uma palavra japonesa que significa Princípios. Aliada à aplicação de técnicas e a ferramentas próprias ao mentoring e ao coaching, esta metodologia relaciona, ao tema trabalhado, princípios universais que se manifestam em todos os setores, inclusive na natureza, nas organizações sociais ou nos diversos setores de nossas vidas. Baseia-se no conceito da Espiritualidade Aplicada. Os Princípios são inspirados, principalmente, nos estudos do filósofo japonês Mokiti Okada (1882-1955), com contribuição de pensadores, como Rudolf Steiner (1861-1925), Carl Jung (1875-1961) e da psicologia positiva, dentre outros. O objetivo é que pessoas e empresas recebam uma contribuição transformadora para a sua vida, favorecendo o seu desenvolvimento espiritual, mental e material.

Mokiti Okada (1882/1955), que começou a vida profissional como empresário, foi um reconhecido pensador de origem japonesa. Dedicou-se a estudos em diversas áreas do conhecimento humano, como: filosofia, arte, educação, medicina, agricultura, economia e religião. Transformou-se, ao longo da vida, em um líder espiritual, com seguidores em vários países do mundo. Foi também quem desenvolveu a metodologia de transmissão de energia denominada Johrei (cujo significado é purificação do espírito). Foi o fundador da Igreja Messiânica Mundial, do Museu de Belas-Artes em Atami e criador de um método de agricultura sem fertilizantes ou “Agricultura Natural”, um cultivo que vivifica o solo e que se harmoniza com o ecossistema, visando a preservação do meio ambiente e a produção de alimentos mais saudáveis para o ser humano . A fundação, que leva o seu nome, desenvolve pesquisas e projetos nas áreas educacional, artística e cultural, além de ter criado a Faculdade Messiânica e o Instituto de Pesquisa Científica MOA.

Para Pessoas

Os programas de mento-coaching do MCI dirigido às pessoas, visa promover o seu desenvolvimento e atingimento de objetivos e metas. O caminho é promover o autoconhecimento e a prática de princípios humanos universais, que levem à felicidade da pessoas e de seu entorno. A premissa inicial é de que para sermos melhores maridos ou mulheres, pais ou mães, filhos ou profissionais, precisaremos nos tornar inicialmente melhores pessoas. O MCI promove programas de formação profissional de Mento-Coachs, de acordo com processo seletivo. O programa qualifica a pessoa para, de acordo com a sua expertise, utilizar as técnicas de mentoring e de coaching para fins profissionais, sociais ou pessoais.

Programas de Mento-Coaching

Oferecidos diretamente por uma rede de profissionais especialistas, formados e com programas validados pelo MCI. Disponibilidade dos programas no site do MCI. Condições estabelecidas diretamente com o profissional. Veja abaixo os programas disponíveis pela nossa rede de mento-coaches.

Cursos de Capacitação de Mento-Coach

O cursos incluem os principais conceitos, técnicas e ferramentas de mentoring e de coaching, assim como exercícios práticos de mento-coaching. Há um processo seletivo que inclui análise de perfil, entrevista e análise curricular. O processo pode ser desenvolvido em grupo ou de forma individual. Nas duas formas, há um programa a ser cumprido. Ele inclui a parte conceitual, prática e um trabalho complementar por escrito.

 

Consultoria para Empresas e Organizações

Inteiramente customizados, os programas são desenvolvidos, levando-se em conta a realidade e as necessidades do cliente, seu histórico e seus objetivos. Com a experiência acumulada de mais de 20.000 horas de consultoria pela Resultado somada às técnicas de business coaching, o MCI  desenvolve trabalhos como: Implantação de Governança, Construção e Revisão de Planos Estratégicos, Planos de Negócios, Treinamento de Lideranças, Programas de Mentoria, Executive Coaching e Coaching de Carreira, para empresários e executivos.

Workshops e Palestras MCI

O MCI promove workshops e palestras abertas e in company sob temas diversos, relacionados ao desenvolvimento das pessoas e  das empresas, sempre fazendo uso das técnicas do mentoring moderno, do coaching e da metodologia Gensoku. Estes workshops e palestras são proferidos pela direção do MCI e por profissionais que compõem a rede. 

Direção Técnica Julio Sampaio

Julio Sampaio acumula 20 anos de experiência à frente da Resultado Consultoria, Mentoring e Coaching. Antes disso, passou pela direção e gestão de importantes empresas no setor de comunicação, serviços e varejo. É autor dos Livros O Espírito do Dinheiro (Editora Qualitymark e Editora Ponto Vital, em sua sexta edição), 60 dicas para um Lar Feliz e Transformador (Editora Ponto Vital), Rasgando o Papel - Jornal Gazeta do Povo, uma startup de 100 anos? (Editora Ponto Vital), além de colaborador do livro Políticas Públicas e Indicadores para o Desenvolvimento Sustentável (Editora Saraiva).

Princípios

PRINCÍPIO MISSÃO, PROPÓSITO E LEGADO

"O Homem veio à Terra com a missão de auxiliar na concretização das condições ideais do planeta, de acordo com o Plano Cósmico. Quando ele vive em conformidade com esse Plano, é naturalmente abençoado com a saúde, a felicidade e a paz, a que tem direito inalienável".

MoKiti Okada

PRINCÍPIO FAZER O DESTINO

Ao falar em destino, devo esclarecer primeiramente que as pessoas confundem predestinação com destino. A diferença, no entanto, é radical. Devemos entender por predestinação certas condições a que estamos sujeitos an­tes mesmo do nascimento, ao passo que o destino depende inteiramente do homem.

PRINCÍPIO FELICIDADE

Que na vida cotidiana suscitemos esperança no coração das pessoas com quem lidamos, tendo por lema pro­ceder com amor e gentileza em relação a chefes e subalter­nos, bem como seguir as normas da honestidade.

PRINCÍPIO GRATIDÃO

É realmente verdade que gratidão gera gratidão e lamúria gera lamúria. Quem vive agradecendo, toma-se fe­liz; quem vive se lamuriando, caminha para a infelicidade. A frase 'Alegrem-se que virão coisas alegres' ex­pressa uma grande verdade.

PRINCÍPIO CONFIANÇA

Mentir é uma grande tolice; basta uma pequena men­tira para se ficar desacreditado. Se investigarmos por que certas pessoas não melhoram de situação, embora sejam esforçadas e assíduas no trabalho, veremos que elas não merecem crédito, devido às suas mentiras.

PRINCÍPIO DA ORDEM E DA HARMONIA

Tudo que há no Universo acha-se em perfeita har­monia. Só há desarmonia para quem vê as coisas superfici­almente - é um erro de ponto de vista. A desarmonia que se apresenta aos olhos do homem é apenas aparente. Isso por­que ela é criada pelos homens e a sua causa é a ação antinatural. Ou seja, do ponto de vista da Grande Natureza, a desarmonia decorrente da ação antinatural é a verdadeira harmonia.

PRINCÍPIO DA PERCEPÇÃO VERDADEIRA

A Inteligência da Percepção Verdadeira (Tie Shokaku) é da maior importância, pois ela afeta grandemente o resultado de todo empreendimento. Aqueles que alcançaram tal percepção vão rapidamente ao ponto vital das coisas. Depois que o correto discernimento é atingido, os verdadeiros motivos das coisas que acontecem são projetados na mente da pessoa, como um espelho claro e límpido.

PRINCÍPIO VERDADE

"Verdade é a própria rea­lidade, autêntica, expressa corretamente, sem o mínimo erro, impureza ou obscuridade. A cultura desenvolvida até o presente vinha confundindo e considerando como ver­dade muita coisa que não o era, e por isso muitos concei­tos falsos eram tidos como verdadeiros.

PRINCÍPIO DESAPEGO

A aflição pode ser considerada como uma forma especial de apego, ainda que poucos possam entender assim, pois quase todos estão aprisionados ao hábito da aflição. Quando falamos em apego, também devemos pensar na cobiça, no desenfreado desejo de posse, na luxúria, na fama etc. Outros tipos de apego desordenado são: a inveja, o ódio, a vingança e outros sentimentos destrutivos que se assemelham. Porém, os mais comuns são as preocupações com o passado, com o presente e com o futuro. A preocupação é o oposto da confiança, pois exerce uma influência desfavorável sobre a sucessão dos fatos.

PRINCÍPIO DA HEREDITARIEDADE

Nós que vivemos atualmente, não somos seres surgidos do nada, sem relação com nada. Na verdade, representamos a síntese de centenas ou milhares de antepassados e existimos na extremidade desse elo. Somos, portanto, seres intermediários de uma sequência infinita, formando uma existência individualizada no tempo. Em sentido amplo, somos um elo da corrente que une os antepassados com as gerações futuras; em sentido restrito, somos uma peça como a cunha, destinada a firmar a ligação entre nossos pais e nossos filhos.

                                                                                                                  Mokiti Okada

PRINCÍPIO PRAGMATISMO

Na mocidade, apreciei muito a Filosofia. Entre as inúmeras teorias filosóficas, a que mais me atraiu foi o pragmatismo, do famoso norte-americano William James (1842-1910). James achava que a exposição meramente teórica da filosofia constitui apenas uma espécie de distração; para ele, a filosofia só era válida se fosse colocada em ação. Acho interessante a sua teoria, cujo realismo au­têntico é característico dos filósofos americanos. Aderi, portanto, às suas ideias e me esforcei por adotá-las em meu trabalho e na vida cotidiana. Mokiti Okada

PRINCÍPIO RESILIÊNCIA

Se é a crise que abre caminho para o progresso, ela deixa de ser crise. Podemos compará-la à pausa para tomar fôlego, na corrida, ou aos nós do bambu. As varas do bam­bu se mantêm firmes devido à formação de nós no curso de seu desenvolvimento; se lhes faltassem nós, não apresenta­riam a sua conhecida resistência. Quanto mais nós tem o bam­bu, mais forte ele é.

Mokiti Okada                                              

PRINCÍPIO DO BELO

 

O Belo não é simplesmente uma satis­fação individual, mas também o que causa uma sensação agradável aos outros; assim, podemos dizer que é uma espécie de boa ação. Na verdade, quanto mais alto grau de civilização a sociedade alcançar, tudo deverá se tomar mais Belo...também podemos dizer que o progresso da civilização é, em parte, o progresso do Belo...

A Arte é a representação do Belo...Naturalmente, o aperfeiçoamento da Arte é desejável, seja a pintura, a escultura, a música, as artes cênicas, a dança, a literatura, a arquitetura etc., entretanto, é preciso que todas as artes estejam reunidas, ou melhor, que tudo seja artístico.

Mokiti Okada

 

PRINCÍPIO DA PURIFICAÇÃO

O mundo físico é governado por leis autorreguladoras. Onde quer que se acumulem produtos estranhos e prejudiciais, produzir-se-á automaticamente uma atividade corretiva para eliminá-los. Consequentemente, quando os seres humanos prejudicam o equilíbrio da Natureza com drogas artificiais, produzem-se atividades purificadoras, de acordo com a lei natural.

                                                                                                                  Mokiti Okada

PRINCÍPIO DO FATOR TEMPO

Nenhum projeto deve ser empreendido prematuramente. Se nos parecer que o tempo adequado ainda não chegou, devemos saber esperar, pois a despeito de sua possível importância, o projeto não poderá funcionar facilmente.

 O tempo, de modo geral, é um fator absoluto. Flores, frutos, produtos agrícolas, tudo tem seu tempo certo. Mesmo que as condições sejam favoráveis, se não forem levadas em conta as exigências da estação, isto é, do tempo, não haverá bons resultados. As flores silvestres desabrocham na primavera por­que os bulbos são plantados no outono; as flores dos jar­dins nos encantam do verão ao outono porque os bulbos e sementes são plantados na primavera.

Os frutos também têm sua época de amadureci­mento. Não podemos sentir o seu sabor enquanto estão ver­des; quando bem maduros, são deliciosos. Mesmo os pro­dutos agrícolas têm seu tempo de semeadura e transplantação. E devem estar de acordo com a terra e o clima.

Como vemos, a Grande Natureza ensina ao homem a importância do tempo. Em seu estado original, ela é a própria Verdade, e por isso serve de modelo a todos os projetos do homem. Eis a condição vital para o sucesso.

 Mokiti Okada